A luz UVC é uma arma poderosa para desinfecção e descontaminação, o contato da luz em qualquer superfície tem função germicida, sem necessidade de substâncias químicas.

Os primeiros usos de UVC aconteceram em 1910 na França, no tratamento de água potável, aplicação que é utilizada até hoje. A partir de 1955 iniciou-se uso mais intenso por toda a Europa e Estados Unidos, atualmente a luz UVC é usada no mundo todo e possui diversas aplicações nos mais variados equipamentos, incluindo desinfecção de ar, água, ambientes e objetos.

A função germicida acontece quando a luz ultravioleta C entra em contato com microorganismos e provoca dano fotoquímico instantâneo em seu DNA, causando efeito desinfetante para bactérias, vírus, fungos e organismos primitivos de forma geral.

A COVID-19 é um grande exemplo do poder germicida da radiação UVC, já é comprovadamente a forma mais eficaz de eliminar o vírus de objetos e alimentos. 

A luz ultravioleta já tem sido muito utilizada para eliminar germes, patógenos, bactérias, fungos e bolores em vários setores das indústrias farmacêuticas, de bebidas e ambientes hospitalares. Sua aplicação inativa os microrganismos danificando o seu RNA ou DNA, deixando-os incapazes de realizar sua propagação contagiosa.

Apesar de ser uma grande aliada contra contaminações, é importante dizer que a radiação ultravioleta não pode ser aplicada diretamente na pele e nos olhos de seres humanos e animais, pois pode provocar queimaduras e desenvolvimento de catarata. E em casos de exposição mais prolongada, pode causar câncer de pele.

O UOVO atua como um recipiente lacrado e garante que a luz não entre em contato com a pessoa, inclusive é impossível acender a luz com a tampa aberta, considerado um equipamento muito seguro para uso no dia-a-dia.